• Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

    Junte-se a 113 outros seguidores

  • Arquivos

5 sinais que indicam que seu emprego dos sonhos pode ser uma bomba-relógio


 

Emprego dos sonhos: essa vaga quase lendária é o grande objetivo de muita gente que tenta encontrar seu espaço no mercado de trabalho. Apesar de poder ser difícil achar uma vaga dessas dando sopa por aí, há quem não demore para encontrar um lugar que se encaixe perfeitamente nas suas expectativas e proporcione um ambiente fértil para seguir carreira. No entanto, será que tudo realmente funciona de forma mágica uma vez que você está dentro desse barco? Aparentemente, a história nem sempre tem final feliz.

Os motivos para que a parceria fadada ao sucesso acabe não dando muito certo podem ser vários: um novo chefe no setor, alterações em processos de trabalho ou, simplesmente, uma mudança na mentalidade do próprio profissional. Cada um desses e de outros elementos tem o potencial de quebrar a harmonia estabelecida inicialmente nessa relação. Para ver se você se encontra nessa situação – e apenas não se deu conta, ainda – confira abaixo alguns dos sinais de que seu emprego dos sonhos pode ser um verdadeiro pesadelo:

1. Se esforçando para agradar os outros

Às vezes, você acha que finalmente encontrou uma posição fantástica dentro daquela multinacional famosa ou da startup de tecnologia com o ambiente de trabalho mais cool da sua região. Embora, em um primeiro momento, isso possa parecer perfeito, a escolha pode não ter sido feita para atender aos seus desejos, mas sim para conseguir a aprovação de amigos ou familiares. Nem sempre o que as pessoas ao seu redor acham legal ou que combinaria com você corresponde à sua definição de sucesso profissional.

2. Dinheiro não é tudo

Para bastante gente, o tal sonho do emprego perfeito envolve um salário bem alto, que possibilita um padrão de vida muito mais confortável. O problema é que, em alguns desses casos, você está no patamar salarial que sempre almejou, mas a empolgação com as tarefas diárias anda caindo vertiginosamente. Se assim que o dinheiro é tirado da equação o cargo perde completamente o seu encanto, talvez seja uma boa ideia procurar algo mais prazeroso profissionalmente – afinal, a grana só consegue manter a motivação até um certo ponto.

 

 

3. De olho no relógio

Se você começa a contar os minutos para deixar o serviço desde as primeiras horas do expediente e já está pronto para deixar o escritório assim que seu horário oficial bate, sua satisfação com o tal emprego dos sonhos pode não estar no nível esperado. Cair em uma rotina sem desafios para passar o dia e deixar de sair com os colegas de trabalho após uma jornada cansativa podem ser indícios de que é o momento de buscar novas oportunidades – com desafios e metas mais alinhadas com suas expectativas.

4. Odiar pessoas não é normal

O seu cargo atual pode, sim, checar todos os itens no seu formulário mental que diz se você está ou não no seu emprego dos sonhos, mas se ter que cooperar com seus companheiros de labuta ou pedir ajuda a eles é algo doloroso, a tendência é que tudo isso desmorone uma hora ou outra. O trabalho ideal pode se basear em quesitos como um ambiente criativo, bons benefícios ou possibilidade de crescimento. No entanto, ter uma cultura local amistosa e poder contar com os colegas no dia a dia se mostram condições igualmente essenciais.

 

5. Sinal vermelho

Mudanças em um projeto tocado por você o irritam? Pedidos da gerência que fogem do seu escopo de trabalho testam a sua paciência? Um documento impresso de múltiplas páginas que chega à sua mesa sem estar grampeado faz as veias aparecerem na sua testa? Bem, se o mínimo contratempo no serviço é algo que pode tirar você do sério, o mais provável é que esse emprego esteja gerando mais estresse do que benefícios.

Embora o sentimento possa aparecer de tempos em tempo em ambientes mais competitivos ou em momentos em que é preciso completar uma tarefa de última hora ou bater metas importantes do mês – e até ajude a manter os sentidos em alerta –, ele não deve acompanhar todos os seus dias. Se a jornada de trabalho se torna algo brutal e desgastante – mental e fisicamente –, talvez valha a pena repensar o que o faz feliz.

Nem sempre é fácil abdicar de uma vaga que levou tempo para ser conquistada e que, apesar de tudo ainda traz vantagens ou status que são difíceis de serem encontrado no mercado. Porém, a longo prazo, pode ser uma decisão realmente sábia reavaliar o seu relacionamento com o trabalho e sondar possíveis maneiras de melhorar sua carreira profissional – mesmo que tudo pareça estar bem.

E você, já encontrou seu emprego dos sonhos de verdade?

 

Fonte: TecMundo Pro

 

%d blogueiros gostam disto: