• Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

    Junte-se a 147 outros seguidores

  • Arquivos

Corrida contra o tempo: jovens brasileiros lutam para viabilizar carro elétrico brasileiro


Projeto prevê produção de veículo exclusivo para uso compartilhado. Prazo para alcançar meta de R$ 68 mil encerra no dia 22 de novembro

A equipe responsável pelo PodCycle está na reta final da campanha de financiamento coletivo do projeto no Catarse (catarse.me/evpodcycle). Iniciada no dia 23 de setembro, a “vaquinha” virtual conquistou até o momento 337 apoiadores, que juntos somam mais de R$ 45 mil. Porém, o ritmo de arrecadações preocupa os jovens universitários responsáveis pelo PodCycle, que temem que a meta de R$ 68 mil não seja alcançada dentro do prazo – que encerra às 23h59 do dia 22 de novembro.

“Após anos participando de equipes de competição universitária, estamos prontos para levar nosso projeto para as ruas. Desenvolvemos um carro elétrico com o sonho de oferecer uma mobilidade urbana mais barata, acessível e sustentável para todos os brasileiros, que sofrem com o trânsito nas grandes cidades”, afirma Brener Martins, um dos idealizadores do PodCycle.

O objetivo da campanha é levantar recursos para a finalização da construção do veículo, que já está em andamento na Pedra Branca, em Palhoça (SC), e a realização de um tour com a primeira unidade construída pelas principais cidades brasileiras. Desta forma, os apoiadores poderão conhecer e, inclusive, dirigir o veículo.

Rodrigo Magri, engenheiro mecânico e coautor do projeto, defende que o engajamento do público é fundamental para que o PodCycle vire realidade. “Já iniciamos a produção do carro, porém, precisamos de apoio para cruzar a linha de chegada vitoriosos, com o PodCycle pronto para dar início a transformação da mobilidade urbana no país. Falta pouco pra anos de estudo, testes e pesquisas se tornarem reais”.

Paralela a campanha na internet, o projeto está sendo apresentado para potenciais parceiros de diferentes áreas, com a finalidade de somar expertises e ampliar as chances do PodCycle sair da oficina e conquistar as ruas.

Interessados em apoiar a ideia devem acessar o site do projeto (catarse.me/evpodcycle) e escolher um valor dentre as opções disponíveis. Cada cota, que varia de R$ 15 a R$ 900, tem uma recompensa – que vai desde a gravação a laser do nome do apoiador no chassi do automóvel a uma miniatura 3D do veículo, acompanhado de uma carta de agradecimento assinado a mão pelos membros da equipe responsável pelo projeto. Também existem cotas exclusivas para empresas que desejam ser patrocinadoras da iniciativa.

Sobre o PodCycle

O PodCycle é um veículo urbano elétrico, desenvolvido exclusivamente para uso compartilhado. É baseado em um chassi skate modular que permite diversos projetos veiculares distintos, tem baixo custo de manutenção e diversas possibilidades de customização. Foi desenvolvido por profissionais brasileiros, dentro da regulamentação vigente, pensado para circular nas cidades e exclusivo para uso em serviços de compartilhamento – maneira mais eficaz de ofertar uma mobilidade de qualidade e flexível, como alternativa a aquisição de veículos próprios e integrada a transportes coletivos de qualidade.

O projeto foi concebido depois de anos de trabalho na e3, uma das equipes de competição do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina. Ganhou força após a participação de alguns de seus idealizadores no I Fórum de Mobilidade Elétrica Brasil-Ingolstadt realizada em Joinville, em 2013, e foi se consolidando nos últimos anos. O PodCycle foi vencedor do Desafio Sebrae-SC de Plano de Negócios de 2012, recebeu, em 2014, o Prêmio Sinapse da Inovação promovido pelo Estado de Santa Catarina, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), Sebrae-SC, com realização pela Fundação CERTI.

Atualmente, a equipe envolvida no projeto é diversa e internacional, formada por cerca de 20 integrantes – entre eles designers, artistas 3D, engenheiros, cientistas da computação, empreendedores visionários e jornalistas. Oriundos da indústria automotiva e de equipes universitárias de competições como Baja, Formula e SEMA, os profissionais envolvidos foram convidados a palestrar no Open Hardware Summit 2013, realizado no Masachussets Institute of Technology (MIT), participaram do premiado documentário Road to Houston, e fizeram pesquisas em respeitados institutos e empresas do segmento.

Fonte: site do CREA-PR

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: