• Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

    Junte-se a 165 outros seguidores

  • Arquivos

Gestão de Riscos em Projetos


Prever o comportamento das bolsas de valores ou mesmo ter certeza sobre se a previsão do tempo vai se confirmar é algo que ainda não conseguimos fazer. Em contrapartida, podemos estar preparados para administrar resultados positivos ou negativos. A incerteza faz parte da rotina e disso trata a gestão de riscos: planejar ações e estar preparado para imprevistos.
O panorama atual é de um mercado globalizado e dinâmico, mas, ao mesmo tempo, incerto e turbulento. Com relação aos riscos, no entanto, as empresas brasileiras mantêm uma cultura de não fazer um planejamento prévio para eventuais surpresas e, caso elas ocorram, resolvê-las com base no improviso, o que pode afetar a rentabilidade da companhia.

Existem riscos das mais diversas naturezas, como: riscos técnicos, riscos legais, riscos de algum acidente, risco de enfrentar a greve de algum sindicato local, riscos climáticos, riscos financeiros, entre outros.
Para o gerenciamento dessa infinidade de incertezas, são utilizados softwares específicos,  empresas de consultoria e inclusive uma disciplina sobre o assunto nos cursos de especialização em gestão empresarial. Porém há um esquema básico para a ação:
Identificação de riscos -> Análise de riscos -> Plano de ação -> Monitoramento de riscos
Ficar atento aos riscos é essencial pois os processos dentro de uma empresa não aconteçam de forma isolada, cada parte possui impactos e ameaças diferentes diante de cada risco. A organização é sistêmica, a parte influência no todo.

* Adaptado do Texto de Camila Braga, Fonte: http://www.cimentoitambe.com.br/massa-cinzenta/?PHPSESSID=c1ddb045b86022fb2215715af47fab59

Você acha interessante ficar mais atento aos imprevistos? Estar de certa forma preparado? Existem empresas ou projetos que não tenham risco algum? Poste seu comentário!

Anúncios

2 Respostas

  1. Todo negocio tem seus riscos, por isso é importante ter uma gestão eficiente dos riscos envolvidos.

  2. Com certeza, porém, há alguns negócios que tenham riscos menores, ou seja, menos suscetíveis a imprevistos? No caso afirmativo, quais empresas seriam essas?

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: