• Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

    Junte-se a 95 outros seguidores

  • Arquivos

Atribuições do engenheiro químico: tema de palestra durante a semana acadêmica na UTFPR Ponta Grossa


Os acadêmicos de Engenharia Química da UTFPR Ponta Grossa participam nesta semana da VI SAEQ – Semana Acadêmica da Engenharia Química, contando com programação de palestras, minicursos e workshops.

Na programação, o conselheiro do Crea-PR pela Associação dos Engenheiros Químicos do Paraná, engenheiro químico Luiz Eduardo Caron, falou aos acadêmicos sobre o Sistema Confea/Crea e sobre as atribuições legais do Engenheiro Químico.

A palestra foi organizada pelos membros dirigentes do CreaJr-PR pelo curso de Engenharia Química, em conjunto com os organizados da VI SAEQ, contando com a presença de cerca de 200 pessoas.

Para saber mais sobre a SAEQ, acesse:
https://www.facebook.com/SAEQUTFPRPG/?fref=ts

 

Inscrições abertas para o Prêmio Sercomtel de Inovação 2016


 

premio

A SERCOMTEL Participações S.A. lançou o prêmio Sercomtel de Inovação 2016 com objetivo de estimular a pesquisa e reconhecer os trabalhos de qualidade técnica e de aplicabilidade com referência a Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

São R$ 24 mil em prêmios, sendo:

  • R$ 12.000,00 para o 1º colocado =R$ 7.000,00 para o(s) autor(es) e R$ 5.000,00 para o orientador.
  • R$ 8.000,00 para o 2º colocado = R$ 5.000,00 para o(s) autor(es) e R$ 3.000,00 para o orientador.
  • R$ 4.000,00 para o 3º colocado = R$ 3.000,00 para o(s) autor(es) e R$ 1.000,00 para o orientador

Poderão participar do presente edital, Acadêmicos Graduandos em todas Áreas, cursando o último ano em Instituições de Ensino Superior, exclusivamente estabelecidas dentro do Estado do Paraná. Excepcionalmente por conta dos ajustes de ano letivo, também poderão participar deste Prêmio, Alunos Egressos com trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), referentes aos anos de 2013, 2014 e 2015.

Serão aceitas as inscrições de trabalhos já submetidos em eventos/concursos congêneres, desde que os mesmos não tenham sido contemplados com premiações.

Os Critérios de avaliação são: Relevância do tema, Consistência e viabilidade técnica da proposta, Aplicação prática e Potencial Inovador.

As inscrições finalizam dia 04/11/2016 às 18 horas e podem ser feitas no link: http://www.premiosercomtelinovacao.com.br

 

 

Dezenove formandos do curso de Agronomia da UTFPR Dois Vizinhos colaram grau


A Direção Geral do Câmpus Dois Vizinhos recebeu na última sexta-feira, dia 19 de agosto de 2016 no Auditório, dezenove formandos do curso de Graduação em Agronomia, bem como familiares, professores e convidados para a Solenidade de Colação de Grau.

A mesa diretiva desta cerimônia foi composta pelo Diretor-Geral do Câmpus, prof. Dr. Alfredo de Gouvêa; pela profa. Dra. Fabiani das Dores Abati Miranda, Diretora de Graduação e Educação Profissional; pelo prof. Dr. Vicente de Paulo Macedo, Secretário de Bacharelados e Licenciaturas do Câmpus Dois Vizinhos; pelo prof. Dr. Laércio Ricardo Sartor, coordenador do curso de Agronomia; do paraninfo da turma, o prof. Dr. Jean Carlo Possenti; do patrono, prof. Dr. Américo Wagner Júnior; e dos professores homenageados, prof. Dr. Alessandro Jaquiel Waclawovsky, profa. Dra. Dalva Paulus e prof. Dr. Sergio Miguel Mazaro.

Colaram Grau os formandos Ana Paula Ciliprandi, André Luis Hartmann Caranhato, Andressa Marcon Gasperini, Bruna Regina Dalle Laste Lorenzetti, Daiane Cristina Zanellato, Diego Júnior Brunetto, Fernando Sanagiotto, Jean Tides, Jessica Varjão Crispim, Jonatan Santin, Juliana Cristina Radaelli, Karine Fuschter Oligini, Maicon Júnior Detoni, Matheus Luiz Padilha, Rodrigo Júnior Schneider, Roniel Giaretta, Thyara Hilmann, Vanderson Vieira Batista e Willian Malinovski De Oliveira, que juraram honrar o nome da Instituição colocando todo o conhecimento científico adquirido à serviço do desenvolvimento e bem-estar humano. Durante a cerimônia, os formandos homenagearam a funcionária terceirizada  Sra. Marilene Pelentir.

colacao

Divulgação: Jean Tides – Membro do CreaJr-PR
Fonte: UTFPR

Prêmio Lide Futuro Startups 2016 abre inscrições


Prêmio Lide Futuro Startups 2016 abre inscrições Luiz Armando Vaz/Agencia RBS

As três categorias levam em consideração o desenvolvimento dos negócios. Foto: Luiz Armando Vaz / Agência RBS

A crise econômica não desanima jovens empreendedores, que apostam em seus objetivos, e lançam startups nas mais diversas áreas. Os números da Associação Brasileira de Startups comprovam essa tendência, apontando crescimento de 30,4% entre março e dezembro de 2015 no volume de startups brasileiras.

É justamente a favor desses jovens empreendedores, e com o objetivo de potencializar ainda mais essas iniciativas, que o Lide Futuro abre as inscrições para oPrêmio Lide Futuro Startups 2016. As inscrições podem ser realizadas até 2 de setembro pelo site.

Divididos em três categorias — startups em fase de ideia (sem CNPJ), startups em fase inicial e startups de impacto social, o concurso tem como missão valorizar as mais diversas iniciativas, estejam elas consolidadas ou ainda em formato embrionário. Segundo Rafael Cosentino, presidente do Lide Futuro, o desafio está cada vez maior, já que a premiação entrou para o calendário oficial e se tornará um evento anual.

Sendo assim, a meta é que todos os objetivos da unidade do Grupo de Líderes Empresariais voltada para os jovens empreendedores sejam colocados em prática. São eles: potencializar os talentos dos jovens, compartilhar experiências, defender políticas públicas, dar suporte aos jovens, fomentar novas práticas e apoiar programas educacionais.

Novidades e regulamento

Podem participar pessoas físicas com no mínimo 18 anos de idade que (I) possuam projeto de empresa ainda não constituída/operacional (para a categoria 1 – startup em fase de planejamento), ou (II) sejam empreendedores com startups com faturamento anual inferior a R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) e menos de cinco anos de existência (para a categoria 2 – startup em estágio inicial); ou (III) possuam uma empresa de impacto social com tempo de existência menor do que cinco anos (para a Categoria 3 – startup de impacto social).

O campeão de cada categoria receberá os seguintes prêmios:

STARTUPS EM FASE DE PLANEJAMENTO: Troféu de ganhador, filiação ao Lide Futuro por um ano, Microsoft – Pacote de Cloud, duas seções de mentoria com Equipe ACEAbertura de empresa com Instituto Innovaction e três meses de incubação.

STARTUPS EM ESTÁGIO INICIAL: Troféu de ganhador, filiação ao Lide Futuro por um, ano Microsoft – Pacote de Cloud e duas sessões de mentoria Equipe ACE.

STARTUPS DE IMPACTO SOCIAL: Troféu de ganhador, filiação ao Lide Futuro por um ano, Microsoft – Pacote de Cloud, abertura de empresa com Instituto Innovaction e três meses de incubação (Se empresa ainda não possuir CNPJ), curso de validação ACE + curso de dimensionamento de mercado.

Fonte: Diário Catarinense

Tecnologia na agricultura: conheça o FarmBot, o robô plantador


Farmbot_3

Engenheiros estadunidenses criaram o FarmBot, um robô com sistema aberto, que pretende popularizar a tecnologia no campo e trazer técnicas da agricultura de precisão a pequenos produtores.

A tecnologia para agricultura de precisão, quando bem empregada, ajuda a melhorar o plantio e a colheita ao passo em que se reduz a necessidade de agrotóxicos. Consequentemente, a tecnologia pode deixar o campo mais sustentável e produtivo.

Esse é o objetivo dos criadores da FarmBot, que querem criar um robô de US$ 1 mil para substituir equipamentos de US$ 1 milhão e levar esses benefícios também aos pequenos produtores.

A máquina é capaz de plantar sementes de 33 espécies diferentes, regá-las com precisão, permitindo assim o plantio diversificado. O espaço para o cultivo, a quantidade de água e os cuidados específicos de cada vegetal são calculados automaticamente pelo software.

Não é necessário ter conhecimento técnico para operar a máquina. Tudo é controlado por um aplicativo que lembra o jogo Farmville e pode ser acessado pelo smartphone ou computador. Ele ajuda você a acompanhar sua plantação, saber a hora de regar, quais fertilizantes usar e quão saudáveis estão as plantas. O sistema também monitora as condições climáticas para melhor controlar a plantação.

Tecnologia aberta na agricultura

O robô é construído com Arduino e Raspberry Pi em uma arquitetura de sistema aberto. Isso significa que qualquer um pode baixar o projeto em sua casa e construir o seu. Ou que qualquer empresa pode fabricar e vender. O mesmo vale para o sistema, que pode ser melhorado pela comunidade de usuários. A maioria dos componentes, inclusive, podem ser feitos em impressoras 3D.

“Se outras empresas começarem a produzir e vender, isso será um sinal de sucesso”, diz Rory Aronson, criador da FarmBot, em entrevista à revista Wired. “Se em algum ponto eu puder me afastar do projeto e ele continuar se autossustentando, então eu poderei considerá-lo bem sucedido”.

Foto: Divulgação

 

O fato de o negócio ser aberto também permite que qualquer um que deseje possa melhorar as função do robô ou ainda personalizá-lo com uma metodologia especial para um terreno específico, por exemplo.

O sistema ainda está em fase de protótipo e está em pré-venda por  US$ 3 mil. Eles dizem que a ideia no futuro é que, para construir seu próprio FarmBot, o indivíduo não gaste mais de US$ 1 mil.

Fonte: Free the Essence

Reuniões por webconferência e regulamento do Prêmio Destaque CreaJr-PR na pauta da CAR Maringá


A Comissão Regional de Maringá do CreaJr-PR se reuniu no dia 11 de agosto para mais uma reunião, contando desta vez com a presença do Conselheiro do Crea-PR Leandro Meert. A reunião, coordenada pela Agente de Apoio à Facilitação Carmem Lúcia Tamaoki Junqueira Gatto e a facilitadora Viviani Hannebauer Berdusco, teve a participação dos membros dirigentes Odilon de Araujo Junior, João Lázaro Pires das Neves, Beatriz Souza Carrato, Beatriz Moura da Silva e Leonardo Henrique Martim Lago. João Lázaro, Beatriz Moura e Leonardo Henrique, novos membros eleitos pelo processo eleitoral que finalizou em julho, foram nessa oportunidade apresentados aos demais colegas da comissão.

creajrmaringaagosto

Dentre os assuntos da pauta, a comissão analisou a proposta de regulamento para o Prêmio Destaque do CreaJr-PR, que deve ser implementado pelo Crea-PR para o próximo ano. O prêmio visa incentivar a atuação das comissões regionais e dar reconhecimento público à comissão que obtiver o melhor desempenho em cada ano.
Na discussão do item da pauta, a comissão mostrou preocupação com relação aos critérios de pontuação que devem ou não ser adotados, para que seja justo, já que cada uma das oito regionais do Crea-PR possui número diferente de instituições de ensino, cursos e membros ativos. Como solução, a equipe se dispôs a analisar e propôr um modelo matemático adequado para o cálculo dessa pontuação.

creajrmaringaagostoi

A CAR Maringá também iniciou as análises e testes para implantar projeto piloto para que os membros dirigentes que comprovadamente não puderem participar das reuniões de forma presencial possam participar por webconferência. A ferramenta, que atualmente já é utilizado pelo Crea-PR para essas situações, será testado para essa nova finalidade e, caso renda efeitos positivos, poderá ser institucionalizada para o regulamento do programa CreaJr, facilitando o acesso e ampliando a participação dos membros dirigentes nas reuniões de suas comissões. A solução foi sugerida pela comissão no início deste ano, como alternativa para as situações em que os membros não comparecem às reuniões por motivos de incompatibilidade de horários, em especial, de deslocamento entre as cidades de residência. Os testes foram autorizados nas últimas reuniões da Comissão Estadual do CreaJr-PR, em julho e agosto.

A pauta completa pode ser conferida na área restrita do membro do CreaJr: http://goo.gl/M6dJov .

 

III Congresso de Ciências Agrárias e Ambientais de Guarapuava


 

conseag

Acontece nos dias 24 a 29 de agosto o III Congresso de Ciências Agrárias e Ambientais de Guarapuava, evento acadêmico de caráter técnico-científico considerando de extrema importância para a formação e capacitação dos alunos dos cursos do Setor de Agrárias e Ambientais (SEAA) do Campus CEDETEG de Guarapuava-PR, bem como para a atualização dos profissionais das respectivas áreas de Guarapuava e região.

O SEAA/G envolve os Departamentos de Agronomia (DEAGRO), Ciências Biológicas (DEBIO) e Medicina Veterinária (DEVET) e Geografia (DEGEO/G). Além da graduação, o Congresso contemplará os cursos strictu sensu, Mestrado em Geografia e Veterinária, Mestrado e Doutorado em Agronomia, bem como os Mestrados em Bioenergia e Biologia Evolutiva.

O evento permitirá ainda a integração dos alunos com profissionais atuantes da área, focando as temáticas da saúde, do ambiente e da produção. Essa capacitação de alunos e atualização de profissionais visando à interdisciplinaridade da atuação profissional é de vital importância para melhorar o exercício profissional.

Simultaneamente ao evento ocorrerá a XIX Semana de Estudos em Ciências Biológicas – SEBIO, XXIII Semana de Geografia, II Fórum de Formação dos Professores de Geografia, II Mostra de Estágio Supervisionado e Prática de Ensino em Geografia, II Mostra de Estágio Supervisionado PIBID Geografia, I Mostra de Estágio Supervisionado PIBID Biologia, Mesa Redonda dos Cursos de Pós-Graduação com os Secretários Municipais de Agricultura, Saúde, Educação e Meio Ambiente, I Encontro Núcleo de Extensão de Desenvolvimento Territorial – NEDETS/Paraná, e Colóquio Integração Universidade/Comunidade: agricultura camponesa/familiar/povos tradicionais.

Informações do site do evento: http://eventos.unicentro.br/conseaag2016/index.php
Data: 24/08 a 29/08/2016
Local: Campus cedeteg – Unicentro – Guarapuava-PR Envio de resumos simples/completos: até 30/08/2016
Tema: saúde, ambiente, produção: conflitos e desafios contemporâneos
Durante o evento acontecerão palestras e mini-cursos.

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 95 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: